Adesivos do Maio Amarelo estarão em todos os veículos do Grupo Belarmino e também nos crachás dos colaboradores

Garagens divulgarão informações da campanha mundial sobre segurança no trânsito por meio de vídeos, palestras e blitze educativas para os colaboradores; ações também vão abranger os usuários, em terminais e pontos finais de algumas linhas

As empresas do Grupo Belarmino participam da Campanha Maio Amarelo, data mundial da importante iniciativa de conscientização da prevenção de acidentes no trânsito. O tema escolhido para 2022 é “Juntos Salvamos Vidas”.

Todos os ônibus receberão adesivos de laços amarelos, que são o símbolo da campanha mundial, e os colaboradores também vão ganhar adesivos para colocar em seus crachás e usar durante o mês de maio.

As unidades do grupo divulgarão informações relacionadas à segurança no trânsito por meio de vídeos, palestras, banners e blitze educativas. Também serão realizadas ações junto aos usuários do transporte público, em terminais e pontos finais de algumas linhas.  Em apoio à campanha, um laço amarelo será colocado no site das empresas e no portal do Grupo Belarmino.

Participam das ações pelo Maio Amarelo, a VB Transportes e Turismo, o Consórcio BUS+, a Viação Lira, a MoV Itu, a MoV Paulínia, a MoV Vinhedo, a Viação Avante, a Viação Atual, a Rápido Sumaré, a Vila Real, a Nossa Senhora de Fátima, a Campo dos Ouros, a Viação Ouro Verde, a Rápido Luxo Campinas, a Empresa São José, a West Side, a VBex, a Viaje Mais, a VB Cargas e as empresas de fretamento do conglomerado.

Maio Amarelo

O Maio Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a segurança no trânsito. A data foi criada com base em uma resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas, em maio de 2011, que definiu o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. Como o objetivo não foi alcançado, foi iniciada a segunda década de ação, que tem o mesmo objetivo da primeira, isto é, reduzir em 50% o número total de mortes no trânsito em 10 anos.

O Maio Amarelo é um movimento que exige uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil, para colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada, para efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, nas mais diferentes esferas. E alcançar o objetivo principal, que é a redução das mortes no trânsito.